Cadastre-se em nosso boletim semanal

Nome:
Email:
Cadastre-se e receba as atualizações do site

Heróis

A figura do herói permeia o imaginário humano através da história, com personagens destacados pela bravura e coragem com que venciam os desafios enfrentados.

Existem os heróis mítico-simbólicos, frutos da criação humana, e os reais, que viveram e atuaram de forma notável no mundo.

Há líderes políticos, militares, sociais, religiosos, todos eles tendo se destacado por feitos e obras considerados grandiosos e dignos de permanecerem na memória coletiva.

Aquilo que aprendemos e as informações que nos chegam pela maioria dos meios de comunicação, desde os livros escolares até a moderna mídia eletrônica, traz-nos a imagem de líderes cujas condutas, diante de uma avaliação lúcida e à luz dos conhecimentos espirituais, não seriam consideradas heróicas, muito menos merecedoras do tempo e atenção que se lhes dedica.

Muitos “heróis” da história que conhecemos na verdade foram seres ambiciosos, orgulhosos, egoístas, brutais, que deixaram como legado rastros de sangue, destruição e dor. Líderes cruéis, conquistadores sanguinários, guerreiros impiedosos, políticos astuciosos...

Até mesmo as crianças acabam por absorver, dentre opções lúdicas que lhes são impostas, as influências de personagens violentos, oportunistas, desonestos ou egoístas. Os adolescentes igualmente são vítimas desses valores corrompidos, cujos ídolos muitas vezes são artistas dependentes de drogas e apologistas da violência, figuras públicas cujo destaque são suas excentricidades, desajustes psíquicos e comportamentais. Com a moderna comunicação virtual os jovens compartilham informações e referências de personagens que lhes servem de exemplo, os quais são, na verdade, frutos das forças obscuras que procuram, e vêm conseguindo, influenciar seu comportamento, em fenômenos de obsessão virtual coletiva.

As crianças, durante o desenvolvimento de sua personalidade, passam por fases em que as histórias e seus personagens têm grande importância na consolidação e formação do seu caráter. Assim, os modelos que lhes são apresentados constituem referenciais que podem influenciar-lhes futuramente as crenças, condutas e atitudes.

O ser humano em geral busca nos ídolos que elege aqueles que expressam e refletem seus próprios desejos e aspirações, os quais representam na maioria das vezes interesses egoístas, violentos, arbitrários e oportunistas. Basta ver as personalidades de maior destaque no mundo para sabermos que tipo de seres são eleitos como referência de conduta e de caráter. Reflexo do atual estágio evolutivo da humanidade.

Como muitos já sabem, vivemos na atualidade um momento crítico do Planeta, em que valores e ideais opostos estão em destaque e disputando as mentes e os corações humanos.

Em futuro breve, com a Terra regenerada, os padrões de heroísmo que merecerão destaque serão completamente diversos dos atuais. A história e os veículos de comunicação passarão a dar a devida atenção aos verdadeiros heróis da humanidade, aqueles que com suas virtudes e conduta elevada contribuíram para a evolução da família humana. Jesus, o mais grandioso herói que a humanidade conheceu; Mohandas Gandhi, herói da liberdade pela não-violência; Francisco de Assis, herói da humildade e do amor; Albert Schweitzer, herói da abnegação e do serviço; Teresa de Calcutá, heroína da caridade; Maria de Magdala e Paulo de Tarso, heróis da autotransformação; Chico Xavier, herói da mediunidade.

Além desses missionários e de inúmeros outros, destacam-se da multidão humana verdadeiros heróis anônimos, que superam imensos desafios interiores, vencem as lutas contra as inferioridades e os vícios, sacrificam-se em doação ao bem, cujas testemunhas silenciosas são a própria consciência e a Divina Presença.

A Doutrina Espírita, como um dos movimentos renovadores do mundo, deve continuar exaltando aqueles que muitas vezes foram ignorados pela história convencional e pelos interesses indignos dos triunfadores aparentes. A literatura espírita possui inúmeras obras de caráter biográfico que resgatam a história de seres cuja grandeza de alma e exemplo de virtudes caracterizaram sua heróica passagem pela Terra. Suas vidas são verdadeiros exemplos motivadores e estímulos para que conquistemos, pelo verdadeiro heroísmo da autossuperação, a plenitude e a felicidade.

Curta e Compartilhe esse artigo no Facebook!

Mais artigos deste autor