Cadastre-se em nosso boletim semanal

Nome:
Email:
Cadastre-se e receba as atualizações do site

Extraterrestres

O homem, em sua busca pela verdade e pelo sentido existencial, ao contemplar o céu estrelado, sempre ficou assombrado diante da imensidão do Universo e da sua pequenez diante do Infinito. Em sua jornada evolutiva, vem se perguntando, há milênios, sobre a possibilidade de vida em outros mundos, semelhante ou não à que existe na Terra.

Muito já se disse e foi escrito a respeito de seres extraterrestres, suas civilizações e possíveis interferências sobre os terrícolas ou acerca de comunicações com os habitantes do nosso orbe. As fontes de informação a esse respeito são bastante heterogêneas, desde ensinamentos sérios e profundos até obras e relatos fantasiosos ou imaginários. Criaram-se muitas falsas ideias a respeito do que seja um ser extraterrestre e seu suposto modo de vida, por conta da vasta literatura ficcional e das produções de cinema e televisão. Os estereótipos propagados pela midia, de figuras horrendas e ameaçadoras, sempre em conflito com nosso planeta, nada têm a ver com as informações sérias e confiáveis a respeito do tema. Essa concepção deturpada do assunto demonstra a imaturidade espiritual em que se encontra a humanidade bem como revela o uso desvirtuado dos veículos de comunicação.

Inúmeras obras espiritualistas sérias, de diferentes escolas de pensamento, referem-se aos seres extraterrestres e ao intercâmbio entre civilizações de diferentes mundos, como mecanismo evolutivo e exercício da fraternidade universal.

Quem desperta a consciência para o domínio espiritual tem muito a questionar e aprender sobre a Vida Universal, a existência dos mundos além da Terra e os seres que neles habitam. Mas primeiro busca conhecer a si mesmo e relacionar-se pacificamente com os irmãos do próprio planeta, antes de pretender contatar civilizações avançadas ou seres de mundos longínquos.

A Doutrina Espírita – síntese atualizada de conhecimentos espiritualistas e esotéricos e revivescência dos ensinamentos evangélicos – traz, desde O Livro dos Espíritos, primeira obra da Codificação, informações valiosas sobre a pluralidade dos mundos habitados. O Evangelho Segundo o Espiritismo, no capítulo “Há muitas moradas na casa de meu Pai” explica, de forma clara e didática, os diferentes níveis evolutivos dos mundos, com seus respectivos habitantes.

O bom senso dos ensinamentos espíritas esclarece o assunto com segurança, trazendo o que é essencial saber sobre o tema.

Com relação à origem da humanidade terrestre, temos, por exemplo, no livro A Caminho da Luz (Espírito Emmanuel, pelo médium Chico Xavier), um relato sintético dos seres que deram origem a povos e civilizações do nosso planeta. Na referida obra Emmanuel afirma que a humanidade terrena provém de diferentes mundos, portanto muitos dos habitantes daqui são originalmente extraterrestres. Devido a um processo seletivo e purificador que ocorreu nesses orbes, à semelhança do que está acontecendo atualmente na Terra, aqueles espíritos que não tinham condições de seguir o caminho da Luz, por seus vícios e desvios em relação aos propósitos evolutivos, foram exilados e trazidos para a Terra, em processo coletivo de expiação e provação.

Em obras mais recentes, psicografadas, há relatos da migração de inúmeros seres de orbes mais evoluídos que a Terra, os quais estão reencarnando em nosso planeta para auxiliar na sua transição, em cumprimento aos Propósitos Divinos de evolução. O médium Divaldo Franco, na palestra As Crianças Índigo e a Visão Espírita, faz um extenso relato dos vários grupos de Espíritos extraterrestres provindos do sistema estelar de Alcíone, que estão migrando para a Terra a fim de ajudar na implantação do mundo de regeneração. Manoel P. Miranda (Espírito), pelo mesmo médium, relata em recentes livros o processo de adaptação pelo qual essas almas vêm passando para poderem reencarnar na Terra e auxiliá-la a entrar na Nova Era.

Civilizações mais avançadas que a terrestre têm trabalhado a partir dos planos sutis do planeta há milênios, enviando impulsos evolutivos e orientando a humanidade para que desenvolva crescente harmonia com as Leis Universais. Na atual fase de transformação planetária pela qual passamos, a atuação dos extraterrestres em auxílio à Terra tem sido cada vez mais intensa e importante.

Os seres extraterrestres em contato com nosso planeta devem ser considerados nossos irmãos maiores, enviados pelo amor infinito do Pai, sob a coordenação do Mestre Jesus, em missão elevada que escapa à nossa atual compreensão, para nos auxiliar na regeneração e cura da Terra e da humanidade.

Vivemos o limiar de nova civilização na qual, além das comunicações entre encarnados e desencarnados, haverá também intercâmbio consciente e pacífico entre os mundos e seus habitantes...

Curta e Compartilhe esse artigo no Facebook!

Mais artigos deste autor